OS IMPACTOS NEGATIVOS FINANCEIROS NA ADVOCACIA.

Como qualquer outro negócio, na advocacia também existe seu momento de alta e de baixa financeira. Mas como lidar com essa situação? A palavra de ordem é (ADMINISTRAÇÃO)

Ao iniciar na advogacia, o erro mais grave dos advogados é não ter em primeiro lugar um plano diretor de administração. E aí meu caro, quando a baixa bate na porta, chega junto a falência.

Se está passando por este momento e não sabe como sair, a melhor saída agora é replanejar o que já deveria ter feito lá trás no início. Advocacia não se resume na atuação jurídica e cumprir prazo.

Uma dica de ouro, procure ajuda. Estude sobre gestão, administração e finanças. Você precisa entender disso tudo para ter sucesso. Lembre-se, sua advocacia precisa ter duas coisas:

1 Faturamento mensal. Sim. Ou pensa que ganhar dinheiro na advocacia é somente quando fecha um contrato? Se as contas são mensais, os ganhos também devem ser.

2. Fundo de reserva. Qualquer negócio que não tenha ou não trabalhe com fundo de reserva para os momentos de crise está fadado ao fracasso.

Para fechar com chave de ouro, pense da seguinte forma: Os ganhos na advocacia não pertence ao advogado mas sim ao escritório. Tire apenas seu salário e as despesas, o resto invista.

Direitos de imagem: Criado por Leonice Gomes – Aplicativo do Canva.

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.